Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereador "Paulo de Caraca" se reúne com comunidade da Laginha de Baixo e discute reabertura de escola

Vereador "Paulo de Caraca" se reúne com comunidade da Laginha de Baixo e discute reabertura de escola

por adm publicado 02/03/2018 20h24, última modificação 02/03/2018 20h24
“A unidade escolar foi fechada desde julho do ano passado por escassez de alunos.”
Vereador "Paulo de Caraca" se reúne com comunidade da Laginha de Baixo e discute reabertura de escola

Vereador Paulo se reúne com comunidade

O vereador por Livramento Paulo Roberto de Figueiredo “Paulo de Caraca” (PSB) se reuniu nesta sexta-feira (02.03), com a comunidade rural de Laginha de Baixo para discutir problemas relacionados à educação local. Laginha de Baixo fica na Região da Morraria e cerca de 90 km da sede municipal.

O objetivo central do encontro recai sobre a possibilidade de se reabrir unidade escolar municipal Saturnino Fortunato fechada desde julho do ano passado, por escassez de alunos. Após o fechamento, os poucos alunos que ali eram lotados foram transferidos para a unidade escolar Agrícola Gerônimo de Souza, situada no Projeto de Assentamento – PA - Francisco José do Nascimento, próximo à localidade.

“Esta é a terceira vez que reúno com essa comunidade com tratativa de solicitar do prefeito, a reabertura da unidade escolar. Temos que reabrir essa escola o quanto antes, temos alunos ociosos para estudar. Educação é base para a vida”, destacou o vereador Paulo de Caraca.

Porém, a diretora que responde pela unidade fechada e pela escola vizinha, - Agrícola Gerônimo, Ronize Gusmão de França foi taxativa ao afirmar que não existem alunos na região que possa justificar a reabertura do espaço. “Temos que conscientizar que não há alunos para reativação das atividades escolares na Laginha de Baixo. Infelizmente ali se tornou inviável abrir, devido à carência de alunos.”

Segundo Ronize Gusmão, até meados do ano passado, a escola Saturnino funcionou com apenas oito alunos do 1º ao 9º ano. “Nessa época lá havia uma professora que leciona para esses oito alunos, porém ela teve que afastar de suas funções, e ai até se continuou apenas com uma estagiária. Depois os alunos foram remanejados para a escola que fica na comunidade de Cabocla”, destacou a diretora.

Com números em mãos Ronize resumiu da seguinte forma: “Recentemente, fizemos um novo levantamento e elencamos apenas 11 alunos oriundos das comunidades Laginha de Baixo, Paratudo, Espinhalzinho e fazendas vizinhas. Me pergunto. É viável reabrir essa escola ou continuar remanejando os alunos para escolas vizinhas”, questionou Ronize.

Acesso à Informação

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Rádio Legislativa
If your video does not start playing shortly, please ensure that you have JavaScript enabled and the latest version of Adobe Flash Player (http://www.adobe.com/products/flashplayer/) installed.
Audio Player
More…
Pesquisa de Opinião

Gostou do novo site?

Sim, gostei
Não gostei
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 26
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo